Água com óleo e ferrugem em Campo Alegre de Lourdes pode ser causa de Gastroenterites

CAPA -

Da redação

Um dos médicos de Campo Alegre de Lourdes, Dr. Ernane Borges entrou em contato conosco e afirmou que o número de casos de pacientes com gastroenterites aumentou muito nos últimos meses no município. A gastroenterite é uma inflamação aguda que compromete os órgãos do sistema gastrointestinal. O problema é mais comum no verão e em locais sem tratamento de água, rede de esgoto, água encanada e destino adequado. Os principais sintomas desse tipo de inflamação é:

• Febre
• Enjoo
• Diarreia
• Vômitos
• Dores abdominais
• Perda de peso
• Perda de apetite
• Desidratação.
De acordo com o médico uma das possíveis causas da bactéria pode estar vinculada com a água contaminada que está sendo distribuída no município.
No dia 22 de dezembro o professor Deusvaldo denunciou através de nossa redação, a situação em que se encontra a água é distribuída aos moradores de Campo Alegre de Lourdes. De acordo com a denúncia, óleo e ferrugem podem ser vistos na água fornecida pelos carros pipas.
O professor pediu esclarecimento as autoridades competentes para o fato.
O secretário de saúde, senhor Pierre Marlon Rodrigues enviou a esta redação laudo técnico mostrando a qualidade da água que abastece os caminhões-pipas. Atualmente, a água vem do poço D Z 7, localizado no povoado Serra Branca no Piauí.
Contudo, de acordo com o secretário, a mudança de local para escolher outro poço, só pode ser feita após o término de contrato do exército com esse manancial que vence em 31 de janeiro.



Jornalista - MTB 10997-DF/ Radialista - DRT-DF 6416 Poeta, escritor, autor do livro de poesias "Explicação Universal" lançado pela editora Scortecci.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *