Desperta Campo Alegre – 15/12/2015 – Prefeitura e Câmara: Mentira, omissão e conivência

CAPA DESPERTA ORIGINAL

Da redação

Queridos ouvintes, bom dia!
Está entrando no ar mais um programa Desperta Campo Alegre!
Queremos saudar a você aqui de São Raimundo Nonato e demais cidades do Piauí.
O nosso bom dia especial  a todos os moradores de Campo Alegre de Lourdes!
Hoje em nosso programa vamos conversar um pouco sobre os principais fatos que aconteceu na semana passada.
Amigos ouvintes, a prefeitura de Campo Alegre de Lourdes além de mentir e negar os direitos dos Agentes Comunitários de Saúde, como mostramos no programa passado, a prefeitura também, omitiu dados do Firjan. O Firjan é a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, que faz um levantamento anualmente sobre o desenvolvimento socioeconômico dos municípios brasileiros. A prefeitura espalhou nota dizendo que Campo Alegre estava bem classificado na posição de número 234 referente ao ano de 2013. Mas na verdade, desde o ano de 2011, o município só tem piorado, e caiu mais de 100 posições. Em 2011 estava na posição de número 117 e agora está com a colocação de 234.
Outro fato que ocorreu também foi a nota do MPF sobre a Transparência da Prefeitura de Campo Alegre de Lourdes que obteve Nota 3.
Agora vamos falar da Câmara Municipal. Na sexta-feira passada dia 11, os vereadores de Campo Alegre de Lourdes aprovaram por unanimidade dois projetos de Lei referentes à prefeitura.
O primeiro foi a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2016, chamada de LDO. Esse é um projeto que detalha todas as regras para os gastos financeiros do ano que vem. Mas ainda deve ser votado na próxima sessão dia 18, um outro projeto complementar a este, que chama de Lei Orçamentária Anual, a chamada LOA. Ou seja, vai ser definido previsão de valores para cada prioridade, despesas com pessoal, custeio e investimentos, tanto para o poder executivo como para o legislativo.
Sobre o Projeto de Lei aprovado sexta-feira passada, o vereador José Palmeira, desabafou e disse que não sabia da existência do mesmo. Ele ainda acusou o presidente da Câmara, o senhor Valfrides, de ficar guardando o projeto na gaveta. De acordo com a secretária da casa legislativa, o projeto estava na câmara desde o mês de setembro.
Vamos ouvir a fala do vereador José Palmeira:

FALA



Jornalista - MTB 10997-DF/ Radialista - DRT-DF 6416 Poeta, escritor, autor do livro de poesias "Explicação Universal" lançado pela editora Scortecci.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *