Presidente Michel Temer discursa na ONU e diz que impeachment no Brasil é exemplo para o mundo

CAPA

Fonte: Renato Souza

DISCURSO NA ONU: Seis nações abandonaram a Assembleia Geral da ONU, quando o presidente Michel Temer se preparava para discursar, nesta terça-feira (20), em Nova York. Diplomatas e ministros do Equador, Costa Rica, Bolívia, Venezuela, Cuba e Nicarágua sairam do debate geral da Assembleia quando Michel Temer tomou a palavra. Em seu discurso, Michel Temer afirmou que o processo de impeachment no Brasil é exemplo para o mundo e criticou o que chamou de fraca atuação da ONU. “O impeachment no Brasil foi um exemplo de processo democrático, pacífico e deve ser exemplo para outras nações. Temos um Judiciário e um Ministério Público independentes. Quanto a ONU, o Brasil avalia que o papel da organização tem que ir além dessas paredes. É preciso que a ONU esteja na África, na Síria e atue efetivamente nos conflitos globais”, afirmou Temer. O ministro das Relações Exteriores, José Serra, afirmou que “na hora não percebeu o protesto e que ficou sabendo do caso pela imprensa”. Serra afirmou ainda “que o impacto do protesto desses países ao Brasil é próximo de zero”. O ministro destacou que “a ação de apenas seis países em meio a mais de 200 que integram a ONU não prejudicam as relações internacionais do Brasil”.

Foto da capa: reprodução



Jornalista - MTB 10997-DF/ Radialista - DRT-DF 6416 Poeta, escritor, autor do livro de poesias "Explicação Universal" lançado pela editora Scortecci.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *