Presidente nacional do PT vai pedir expulsão de senador preso

PT - CAPA

Fonte: Estadão

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse no sábado, em reunião com integrantes da corrente Articulação de Esquerda, que vai pedir a expulsão do senador Delcídio Amaral (PT-MS). De acordo com outros dirigentes petistas, apesar da resistência das bancadas do partido na Câmara e no Senado, já existe maioria para o afastamento do senador – preso na semana passada pela Polícia Federal – na próxima reunião da Executiva Nacional do partido, que será realizada na sexta-feira, em São Paulo. “As correntes de esquerda em conjunto com o presidente do PT vão pedir a expulsão”, afirmou o secretário nacional de formação, Carlos Henrique Árabe, da Mensagem. Além do caso de Delcídio, a direção petista vai deliberar sobre outros dois temas espinhosos, a cassação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e a substituição do ministro da Fazenda, Joaquim Levy. “Vamos votar o ‘Fora Cunha’ e ‘Fora Levy’. Se estes temas não estiverem na pauta (da executiva) nós vamos incluir”, disse Árabe. Segundo relatos, Falcão também disse na reunião de sábado ser favorável à substituição de Levy por outro nome que não seja o do ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Dirigentes do PT, no entanto, veem a fala apenas como um aceno de Falcão para a base petista, descontente com os rumos da política econômica do governo Dilma Rousseff.

DELCIDIO- 900 x600

Delcídio Amaral – Senador do PT preso na operação Lava Jato



Jornalista - MTB 10997-DF/ Radialista - DRT-DF 6416 Poeta, escritor, autor do livro de poesias "Explicação Universal" lançado pela editora Scortecci.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *